sexta-feira, 18 de outubro de 2013

Um ano :: 17.10.2012


Fez ontem um ano em que a minha vida mudou para sempre. Foi uma volta de 180º. Fez ontem um ano que descobri que ia ser mãe de gémeos. 17 de Outubro de 2012, uma data que nunca vou esquecer nem vai passar em branco no resto dos meus dias, por mais que a vida corra, ande ou deslize. Por mais filhos que tenha, por mais dias felizes que passe o dia 17 de Outubro será sempre um dia que me marcará.
À um ano atrás, no dia 18 de Outubro ficamos a saber que para além de uma gravidez gemelar, era uma gravidez mono mono. Uma gravidez rara. Uma gravidez de alto risco. Uma gravidez que não mais foi a mesma. Dezenas de médicos à minha volta. Montes de diagnósticos. Dezenas de ecografias. Noites e noites em claro, sem pregar olho um minuto. O desespero. Muitos lágrimas. Muito sofrimento. Nunca sofri tanto na minha vida. Relembrar aqueles dias é auto flagelar-me. 
Desde esse dia que a nossa vida mudou. Tudo mudou. 
Hoje, passado um ano estou novamente grávida. Grávida de um e apenas um. Grávida e feliz. Feliz por estar a viver uma gravidez plena, sem medos e acima de tudo uma gravidez normal. Hoje passado um ano sei que vale a pena acreditar. Quando bati no fundo confesso que pensei não sair de lá. Estava envolta numa nuvem negra e pensei que era impossível me erguer. Sofri horrores, muitas e muitas vezes sozinha. Por mais que à minha volta me apoiassem e também sofressem,  ninguém sofria como eu. 
Mas hoje, sei que vale a pena acreditar. Acreditar e sorrir. A vida vai-nos sorrir de volta.

1 comentário: